7 de mar de 2011

Mulheres fazendo arte

Há de chegar o dia em que não sejam mais necessárias datas para lembrar as pessoas das injustiças sociais, dos grupos que são oprimidos e excluídos socialmente....

Há de chegar um dia em que exista somente o “Dia da Humanidade”, sem precisar existir o dia da mulher, o dia do índio ou o dia da consciência negra....

Há de chegar o dia em que todo dia o ser humano tenha presente na sua memória o que é “Ser Humano” e estar sendo apenas um elo de uma imensa e linda rede de conexões que é a VIDA, com todas as suas diferentes cores, sabores e cheiros.... que compõem esta magnífica diversidade!

Por enquanto façamos da nossa vida uma arte e sejamos ARTEIRAS na construção de um mundo melhor... ABATURITÉ

Eu acredito nisso e você?



ABATURITÉ
(Significa na língua Karibe do povo Bakairi – mulheres fazendo arte)

Mari Gemma De La Cruz

Mulheres fazendo arte,
Mulheres fazendo a lida,
Mulheres fazendo a parte
                   que cabe do seu quinhão.

Mulheres plantando o chão,
Mulheres plantando a vida,
Mulheres plantando no ventre
                   a força do coração.

Mulheres tecem a teia
fazendo a conexão.
Sangram as entranhas
na eterna transformação.
Mulheres dizem ao mundo
                   preste mais atenção.
Cantam o amor
                   nas cordas do violão. 


Mulheres levam a certeza
Da força e da sutileza
Da delícia e da tristeza
De ser o que se é.

Do sangue que purifica
Da lua que influencia
Do cio que preenche
Da prenhez que multiplica.

Mulheres fazem da sua vida
A sua arte.... Abaturité.

Nenhum comentário: