5 de mar de 2011

Dancei até me acabar e agora meus pés estão me matando.

O que faço?


Dançar é divertido e saudável. Faz bem para a cabeça e para o corpo. Agora então no carnaval... o batuque do samba dá até coceira no pé...
 Quando estamos pulando ocorre um aumento da pressão sobre os pés, o que leva a maior sensibilização, dor e até mesmo bolhas.
O que fazer antes?
- Não corte as unhas muito curtas.Evite retirar totalmente as cutículas das unhas, além de não lixar demais a sola dos pés.  Essas proteções naturais do corpo que impedem a formação de infecções por bactérias, calos, frieiras e, principalmente, o aparecimento de bolhas.
- Não se um sapato novo. Recomenda-se usar calçados que já tenham sido usados algumas vezes anteriormente, evitando assim surpresas desagradáveis como descobrir que ele aperta demais ou marca alguma parte do pé em demasia.
- Na hora de ir seguir os blocos ou de entrar na avenida, dê preferência aos calçados fechados, que protegem os pés dos pisões, pedras e cacos de vidro. Os sem salto cansam menos os pés.
- Mas se você é mulher e gosta mesmo de mostrar que tem samba no pé, os sapatos sem salto podem forçar ainda mais a musculatura das pernas e causar fadiga muscular mais rapidamente. Isso porque as mulheres sambam com a ponta do pé (os homens com o calcanhar). Então, o salto alto funciona como um suporte.
- Se você tem problemas constantes de unha encravada, vale fazer uma avaliação com um especialista.
 O que fazer depois?
- Um escalda-pés com água quente ou morna ajuda a recuperar e fica melhor se você fizer um chá de alecrim e camomila (você encontra no supermercado) e colocar na bacia. 

- Uma massagem com um óleo acrescentado de 2 a 3 gotas de óleo essencial de alecrim e/ou óleo de hortelã (você encontra em loja de produtos naturais e em farmácia de manipuçação) melhora a circulação.
- Ficar com os pés para cima também melhora a circulação, entretanto não é muito recomendado para hipertensos e pessoas com problemas cardíacos.
- Se os pés estiverem machucados, com ferimentos coloque na água do banho ou no óleo de massagem, o óleo essencial de tea-tree que tem ação antisséptica.
- Caso surjam bolhas, é importante manter a região sempre limpa para evitar infecção e ficar em repouso até sarar. Se o repouso não for possível, esvazie o conteúdo da bolha com uma agulha esterilizada (compre agulha de injeção na farmácia). Nunca remova a pele da bolha, pois ela age como proteção natural.
Curta o carnaval na PAZ e com SAÚDE!!!

Nenhum comentário: