23 de jan de 2011

O perigo no cuidado das unhas

Esta semana, conversando com uma amiga, que é profissional da saúde, percebi que as pessoas, mesmos as mais preparadas e com olhar “clínico”, nem sempre estão atentas às condições sanitárias e aos procedimentos para garantia da saúde de um estabelecimento de beleza
Imaginem... ela não verificava se o salão onde cuidava dos pés e das mãos, usava autoclave e nem conferia se os materiais que a manicure usava tinham seu invólucro (utilizado para esterilização) aberto na sua frente, isto é se realmente eram esterilizados. Para ela, era óbvio que todos os materiais fossem devidamente esterilizados em autoclave.... Mas não é!
Por isso, resolvi escrever este post, para alertar as pessoas sobre os perigos que elas podem correr quando não estão atentas. Afinal, nós somos co-responsáveis e temos que estar vigilantes, pois o salão de beleza é um ambiente propício para a contaminação por vírus, bactérias e fungos.
Um simples corte, enquanto se tira a cutícula com o alicate, pode expor uma pessoa aos vírus da Aids e da hepatite C (maior índice de virose transmitida dentro de salões de beleza) e hepatite B que são transmitidos por meio do sangue. Segundo a Organização Mundial da Saúde, é possível que surjam todos os anos três a quatro milhões de novos casos de hepatite no planeta – uma doença de difícil cura e com altos níveis de contaminação dentro dos salões de beleza.
A hepatite B, apesar de não ser tão comum, é possivelmente a doença mais grave transmitida quando se faz a unhas na manicure. O perigo, é que mesmo lavando o sangue do alicate, o vírus continua presente no instrumento por até uma semana.
As verrugas, também transmitidas pelos vírus, podem acometer regiões ao redor das unhas das mãos e dos pés. Qualquer um dos objetos da manicure pode transmitir verrugas. O tratamento pode ser bastante dolorido e demorado, sem contar que as verrugas podem se multiplicar na pele.
Autoclave para esterilização de
materiais usados  no procedimento
de cuidado das unhas
O ritmo frenético dos profissionais de manicure e pedicure, que normalmente atendem muitas clientes por dia, podem comprometer uma adequada esterilização dos equipamentos. Em estudo realizado pela Secretaria de Saúde de São Paulo, foi constatado que um em cada dez profissionais tem hepatite e que são poucos profissionais que lavam as mãos nos intervalos entre clientes e menos ainda usam antisséptico, como álcool a 70%.
O uso da autoclave, a mesma utilizada em hospitais para esterilização é norma da ANVISA> Ela deve passar por inspeção frequente com controle de qualidade microbilógico, porém muitos salões usam “forninhos” que não esterilizam nada. Então você está correndo perigo, caso o salão que você frequenta não usa autoclave.
Se você não tem certeza de que o salão esteriliza tudo e que você usa (palito, lixa de unha e de pé e espátula descartáveis) então leve seu kit de casa e não utilize recipientes para colocar os pés ou as mãos de molho. Sobretudo você tem o direito de verificar se o salão tem autoclave e perguntar sobre como é feita a esterilização.

20 de jan de 2011

Você sabe usar um batom?


Não existe nada mais básico para realçar a beleza do que passar um batom, que pode ser usado de diversas formas, dependendo da textura e da cor, criando um visual mais natural, ousado ou sensual. Além de proteger e hidratar essa parte que é tão sensível.
Usando alguns “truques de gata”, você criar a impressão de ter lábios mais carnudos  ou mais finos.
O primeiro e principal cuidado para ter uma boca sedutora é sempre aplicar um batom com protetor solar já que vivemos em uma região com altos índices de radiação UV; na época da seca aplicar creme protetor ou manteiga de cacau para evitar a desidratação.
Lembre-se de sempre fazer uma esfoliação nos lábios, para torná-los macios e suaves. Uma boa dica é antes de aplicar o batom, retirar as células mortas com uma escova de dentes macia, e logo em seguida hidratar bem.
Para conseguir um visual mais discreto e natural, passe o batom cremoso nos lábios com a ajuda de um aplicador com esponja (daqueles utilizados para sombras em pó) ou use um pincel.
Ao usar o lápis de contorno, respeite sempre o formato da sua boca. Além de realçar o desenho, esse recurso ajuda a segurar o batom, evitando que ele escorra. Batom e lápis devem ter o mesmo tom.
Batons escuros dão a impressão de dentes mais brancos, mas se seus lábios são finos, esqueça as cores escuras e prefira as de cor clara e cor-de- boca, finalize com um gloss no meio do lábio inferior — ele dará a impressão de mais volume além de ficar um charme.
Os batons metálicos devem ser usados com cuidado e somente se os lábios estiverem bem hidratados, pois em contato com a luz eles revelam as rachaduras do local.
Os batons de longa duração são ideais para mulheres que não querem perder tempo com o retoque ou não podem ficar retocando devidos a s suas atividades, mas também existe uma receitinha caseira que prolonga um pouco mais o efeito do batom em sua boca, para isso você pode passar uma pequena camada de pó facial antes de aplicar o batom. Após aplicado, retire o excesso com um lencinho. Outro truque é usar um lápis de boca para delinear o contorno dos lábios, de preferência um lápis de cor mais clara ou igual a cor do batom.
Para aumentar os lábios, contorne-os com um lápis de boca ligeiramente por fora da linha natural, com uma cor natural ou um pouco mais clara que a do batom que deseja usar. Com um pincel, passe o batom em toda a superfície dos lábios. No centro deles, passe por cima uma leve camada de um tom mais claro. Para essa produção, prefira tons claros. Aplique gloss ou brilho se o batom for opaco.
Para diminuir os lábios, faça ao contrário, o lápis de boca deve ser passado ligeiramente por dentro da linha natural de contorno, sempre respeitando o seu desenho. Preencha com o batom, com a ajuda de um pincel. Fica melhor se você usar cores escuras e sem muito brilho. Tons com mais brilho ou cintilantes não são recomendados, pois eles fazem o visual da boca ficar ainda mais sobressaltado.
Os batons de cores vibrantes com alguns tons de pink, laranja e vermelho exigem um cuidado especial na hora de aplicar. O ideal é passar um corretivo nos lábios e delineá-los com um lápis de boca, depois disso, aplique o batom.
O batom vermelho é algo que realmente nunca sai de moda. Mas para usá-lo sem parecer vulgar, é necessário que se tome alguns cuidados. Para quem tem a pele branca o vermelho ideal é o vermelho-puro, nas mulheres com pele oriental o ideal é um vermelho vivo, pessoas com pele morena devem usar o vermelho cereja e mulheres de pele negra devem usar os tons mais acastanhados. as mulheres mais jovens podem usar tons de vermelho mais chamativo, ou seja, bem vivos. A partir dos 40 é recomendado usar os batons que dão mais volume, pois nessa idade os lábios começam a ficar mais finos e a noite prefira os tons vibrantes e vinho, e a partir dos 50 deve-se usar os tons puxados para o marrom e alaranjado. As mulheres que possuem lábios finos devem apostar em tons mais claros para dar volume, já quem tem lábios médios tem uma grande vantagem, pois pode usar qualquer tipo de vermelho, dos mais escuros ate os mais claros e as mulheres que tem lábios mais grossos devem usar tons menos chamativos para disfarçar o volume dos lábios.
A cor pink funciona super bem em todas as mulheres. Para compor um look, invista em cores frias para os olhos: preto, cinza, taupe e azul-marinho (o mesmo vale para a combinação de roupas). Nas maçãs, evite o blush rosa para não ficar over. Um tom pêssego bem de leve não tem erro.
O laranja ganha cada vez mais espaço no gosto das mulheres. É uma alternativa bem legal pra quem deseja aposentar (um pouquinho) o vermelho. Também funciona em todos os tons de pele.
O nosso velho conhecido batom cor de boca ganhou um novo nome, mais moderno e atual: Batom nude. O batons com as cores de nossos lábios são super democráticos, pois se ajustam a qualquer ocasião, inclusive num look noturno, sobretudo se você realçar os olhos. Sempre teste o batom antes de comprar, principalmente os tons nude. Escolha dependendo da cor natural dos seus lábios. Certifique-se de que é uns 1-2 tons mais escuros do que seus lábios ou então, um exatamente de acordo com o tom da sua pele. Para o batom nude o lápis para contorno labial não deve ser usado.
 Agora é só beijar.....